Planejando seu intercâmbio

Travel preparation : compass, money, passport, road map ,sunglas

Uma questão que recebemos muito aqui no blog é o pedido de passo-a-passo do planejamento do intercâmbio, demoramos um pouco para liberar o post pois queríamos passar por todos os passos (ou a maioria deles) e ter a certeza de que não estávamos esquecendo de nada… Agora segue o nosso passo-a-passo…

1) Decidir para qual país você irá

É preciso que você analise quais os fatores importantes para você: Um país de clima quente ou frio? Uma cultura parecida com a brasileira ou não? Qual o idioma do país escolhido? Um local mais próximo ou distante? Você precisará trabalhar neste país?

Respondidas essas questões talvez se torne mais fácil decidir para qual país será o seu intercâmbio.

2) Decidir quando será seu intercâmbio

Definir a data. E não precisa ser o dia exato, mas pelo menos o mês e ano do seu intercâmbio é essencial para que você consiga fazer um planejamento. A sua cotação e planejamento financeiro dependerá muito dessa data, afinal em alta temporada voos são mais caros, por exemplo.

3) Traçar os seus objetivos

Qual o objetivo do seu intercâmbio? Aprimorar uma língua? Se desenvolver na sua profissão? Conhecer uma nova cultura? Apenas curtir? Você possui objetivos migratórios?

Acho que esse é um dos passos mais importantes, afinal toda a sua organização vai partir daqui, a escolha de curso, escolha de escola, planejamento financeiro, tudo estará ligado aos seus objetivos!!!

4) Qual será a duração do seu intercâmbio?

Qual a sua disponibilidade para o intercâmbio? Poucas semanas? O período de férias escolares/trabalho? Seis meses? Alguns anos?

5) Qual a sua disponibilidade financeira?

Você pagará seu próprio intercâmbio? Terá ajuda de alguém? Precisará de um tempo para se organizar financeiramente?

6) Qual curso irá fazer?

Você irá cursar um período do Ensino Médio? Fazer um curso técnico? Matérias da faculdade? Curso de especialização? Um mestrado? Estudar a língua nativa do país? Preparatório para testes de proficiência?

Até aqui todos os itens são bastantes interligados e dependem de sua própria disposição para a realização, em nossa organização, não fomos em nenhuma agência e não buscamos nenhum orçamento até esse ponto, apenas pensamos e colocamos tudo no papel. Se você tiver clareza sobre os pontos acima os demais serão muito mais fáceis!!!

7) Qual o custo?

É chegado então o momento das coisas se tornarem mais concretas… Ainda que não seja o seu desejo fechar com uma agência, neste ponto é interessante que você as procure e faça orçamentos, apesar dos valores serem bem parecidos faça tantos quantos forem possíveis, afinal as agências querem te ganhar, então você vai receber muitas informações, conhecer escolas, saber vantagens e desvantagens de cada uma.

Nós pensamos muito em não contratar agência alguma e fazer tudo por conta própria. Entre uma cotação e outra percebemos o suporte que a agência poderia nos dar, o tempo e trabalho que poderia nos poupar, e nossa decisão foi fechar com uma agência, não temos nenhum arrependimento da decisão!

8) Escolha da escola

Defina a sua escola pelo melhor custo X benefício a partir dos seus objetivos. Não adianta gastar uma fortuna em escola se seu desejo é apenas curtir a experiência, assim como não dá para escolher a escola mais barata e esperar a melhor qualidade de ensino. Também não vale a pena escolher uma escola com baixa qualificação e correr o risco de ter seu visto negado devido à escolha da escola.

Falamos mais detalhadamente sobre a escolha da escola neste post aqui.

9) Contratação de seguro saúde

Alguns países possuem seguro saúde obrigatório específicos, como no caso da Austrália que exige o OSHC (falamos dele aqui), outros exigem um seguro viagem ou seguro saúde adicional (aqui e aqui). Fato é que você estará em um país onde não terá cobertura da saúde pública e ninguém quer arriscar né?

Precisando de um seguro viagem? Faça sua cotação!

10) Acomodação

Se o seu intercâmbio for no modelo au-pair não precisará se preocupar com esse item, em qualquer outra modalidade se contenha no momento de fechar contrato. As opções das agências são homestay (casa de família) ou dormitório escolar. Se for fechar qualquer uma das duas opções o ideal é que o tempo seja uma média entre 2 e 4 semanas. Chegando no país você poderá ver se a adaptação à esses lugares é boa, conhecer outras opções de moradia compartilhada, ou alugar seu próprio local.

Procurando um local para se alojar? Faça sua cotação aqui.

Mas atenção, não faça isso antes de chegar ao país, fazer um contrato de longa permanência sem conhecer as reais condições do local pode ser a maior furada!!!

11) Visto

Cada país possui uma regra para o visto, para alguns você precisará fazer uma entrevista, no visto Australiano a entrevista é substituída por uma carta de intenções (aqui). O passo-a-passo do visto australiano está neste post aqui.

12) Passagens aéreas

Tudo preparado precisamos de passagens para ir ao país escolhido. Para saber aonde pesquisar veja este post aqui.

Outras dicas:

  • Saiba um pouco da língua nativa, chegar no país sem nenhuma comunicação pode ser um pouco assustador;
  • Não se esqueça de providenciar seu passaporte com antecedência (passo-a-passo aqui);
  • Também confira toda a sua documentação, caso seja necessário solicite segunda via com antecedência;
  • Deixe uma procuração em nome de alguém de sua confiança;
  • Faça um check-up. Ninguém quer que o intercâmbio acabe por motivos médicos que poderiam ter sido resolvidos previamente;
  • Se possível não deixe nenhuma pendência financeira no Brasil;
  • Pesquise, pesquise e pesquise! Pesquise muito sobre o local para onde você estará indo…

Gostou do conteúdo? Tem informações complementares? Alguma dúvida? Está neste processo? Comente aqui e vamos trocando figurinhas…

Anúncios

15 comentários em “Planejando seu intercâmbio

  1. Esse post vai me ajudar muito. Eu quero muito fazer um intercâmbio de serviço social em Coimbra Portugal. Estou planejando ele aos poucos e essas dicas vai salvar meu planejamento haha. Salvei o POST e já mandei para minha amiga haha bjsss

    Curtir

  2. Não conhecia seu blog e estou apaixonada, amo dicas de viagens e intercâmbio. Afinal estou economizando para um intercâmbio e uma coisa que não tinha pensando era no seguro saúde, mais uma coisa pra anotar na lista.

    Curtir

  3. Intercambio um sonho que já foi adiado várias vezes, ou por falta de grana, por falta de tempo e por não saber qual país ir primeiro, rs. Quero conhecer tantos lugares que eu fico sempre saber por onde começar só sei que quando for da primeira vez, não vou mais para em casa, rs.
    Adorei o post.

    Curtir

  4. Ótimas dicas, muita gente quer fazer intercambio mas não sabe por onde começar e vc dá o caminho para a pessoa conseguir se planejar. Quando minha irmã fez o dela acompanhei todo esse planejamento e acredita que hoje ela mora por lá e está conseguindo o a documentação para ficar por lá rs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s