Skilled Visa – Psicologia (Parte 1)

psico-australia

No meu percurso, a partir das orientações recebidas, chegamos então ao processo de skill assessment pela minha profissão, psicologia.

Se você acompanha o blog, leu sobre o processo de fisioterapia, achou complexo e pensou que este processo seria muito mais simples, não tenha tanta certeza…

O processo de skilled visa pela psicologia pode ser requerida de diversas formas. De acordo com a SOL há a possibilidade de aplicação de visto como: psicólogo clínico, psicólogo educacional, psicólogo organizacional, psicoterapeuta e para quem não se adéqua a nenhuma especialidade, ainda existe a opção em aplicar como psicólogo (sem área específica). Ficou fácil e tá pra todo mundo?! Não é bem assim…

Dependendo da especialidade o órgão responsável pelo reconhecimento da profissão muda e as exigências também. Para as opções de psicólogo com todas as suas especialidades, o órgão responsável é a APS (Australian Psychological Society), já para psicoterapeuta o processo é realizado pela VETASSESS (Vocational Education and Training Assessment Services).

Ambos os processos não autorizam o candidato a exercer a profissão na Austrália, mas sim habilita para o skill assessment. A APS reconhece que o candidato é apto e tem formação em curso superior, enquanto a VETASSESS reconhece que o candidato possui nível VET (Vocational Education and Training), o equivalente ao curso técnico aqui no Brasil. O reconhecimento da profissão para fins de atuação é realizado por um terceiro órgão,  a Psychology Board of Australia.

Embaralhou tudo? Ficou complexo demais? Vou destrinchar tudinho nos próximos posts, cada um dos processos…

Gostou do conteúdo? Tem informações complementares? Alguma dúvida? Está neste processo? comente aqui e vamos trocando figurinhas…

Anúncios

8 comentários em “Skilled Visa – Psicologia (Parte 1)

  1. Mari, ótimo post. Minha esposa acabou de ser reconhecida pelo VETASSES. Ela é formada em Psicologia com especialização em TCC e 10 anos de atendimento clinico. Mesmo assim a agente que nos orienta disse que ela só encaixaria no VETASSESS como psicoterapeuta. Voce conseguiu reconhecer via APS ?

    Curtir

    1. Obrigada pelo comentário!!! A minha agente também me orientou a tentar pelo VETASSESS, ainda estou analisando se é mesmo a melhor opção, meu inglês é bem ruim, e antes de dar entrada por qualquer um dos dois órgãos quero melhorar o meu inglês… Qual a agente de vocês? Aonde estão?

      Curtir

  2. Boa Tarde, Mari. Estou fazendo uma pesquisa sobre a psicologia nos países subdesenvolvidos da Oceania, mas infelizmente não achei nada. Será que você teria informações de como é o atendimento psicológico, como a profissão nos países como Kiribati, Ilhas Salomão, Tuvalu Tuvalu e Vanuatu Vanuatu??????
    Desde já agradeço pela atenção!

    Curtir

  3. Bom dia Mari. Excelente post. Tenho algumas dúvidas, pois vou tentar o mesmo processo no início de 2018. Podes me passar teu contato, ou me enviar 1 email ? Sou psicólogo de Porto Alegre – RS, com mestrado em psicologia clínica, e trabalho há 10 anos com psicologia clínica. Rodbrittors@gmail.com . Obrigado

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s